[Livro] Trilogia dos Espinhos: Prince of Thorns – Mark Lawrence

Olá tudo bem?

Estamos aqui para falar de uma trilogia que me fez lembrar muito A Mão Esquerda de Deus, mas aqui essa trilogia, pelo menos até então, tem um ponto positivo: ela parece estar dando certo.

Ainda criança, o príncipe Honório Jorg Ancrath testemunhou o brutal assassinato da Rainha mãe e de seu irmão caçula, William. Jorg não conseguiu defender sua família nem fugir do horror. Jogado à própria sorte num arbusto de roseira-brava, ele permaneceu imobilizado pelos espinhos que rasgavam profundamente sua pele, e sua alma.

O príncipe dos espinhos se vê, então, obrigado a amadurecer para saciar o seu desejo de vingança e poder. Vagando pelas estradas do Império Destruído, Jorg Ancrath lidera uma irmandade de assassinos, e sua única intenção é vencer o jogo. O jogo que os espinhos lhe ensinaram.

Que livro minha gente, que livro.

Confesso que em alguns momentos eu me perdi na narrativa do Mark Lawrence, retomei muitas vezes a leitura para ver se eu realmente estava entendendo, afinal, por muito tempo achei que a culpa de não ter entendido a trilogia A Mão Esquerda de Deus era culpa minha, que eu não tinha capacidade de entender esse tipo de livro, mas o tio Lawrence (assim como outros autores) me mostraram que não é bem assim.

O mais legal nesse livro é ver sem filtro o que o personagem pensa. Sério, para um garoto de apenas 12 anos, que é quando acompanhamos a história dele, é bem perturbadora. Um livro que te prende, do começo ao fim.

Envolvemos nosso mundo violento e misterioso num pretenso conhecimento. Embrulhamos os vácuos de nossa compreensão com ciência ou religião, e passamos a acreditar que a ordem foi imposta. E, na maior parte do tempo, a ficção funciona. Roçamos a superfície, ignorando as profundezas. Somos libélulas voando sobre um lago, com quilômetros de profundidade, perseguindo caminhos erráticos atrás de causas sem sentido. Até quele momento quando algo vindo do frio desconhecido vem a tona atrás de nós.

Claro que aqui a gente vê romancezinho, mas dá até para engolir e quando você se dá conta que o livro fala de um mundo maior do que aparenta ser, que existe um jogo por trás de tudo isso, você fica mais e mais intrigado.

Aqui você vê espadas, cabeças rolando, necromancia, estupro, fogo e amizade. Ódio nem se fala rsrs.

Recomendo muito a leitura, em breve postarei o King of Thorns e o Emperor of Thorns, que são as continuações.

Até mais 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: