[Livro] O Androide – Paulo de Castro

Olá, tudo bem?

Olha, toda vez que eu resolvo participar de alguma maratona literária, sempre acontece 1001 coisas e eu acabo não conseguindo cumprir com o combinado. E não foi diferente na Maratona #LeiaSciFi que o Geek Freak em parceria com a Editora Aleph elaboraram. Por sorte eu consegui ler um livro, e bom, vamos falar dele!

o androide‘Percebeu que se, de fato, um Deus que zela pelos humanos existisse, não designaria uma máquina para ser o profeta. Esse Deus, ora cruel, ora misericordioso, nem ao menos permitiria a própria extinção dos seres humanos. Poderia a máquina ser esse Deus, dando vida de novo aos homens?’.
Esse e outros sinais elétricos varriam o processador de JPC-7938 com velocidade sobre-humana. Processava uma infinidade de outras informações ao mesmo tempo, o que diminuía ainda mais a energia da sua bateria. Talvez era isso mesmo que ele quisesse, para consumar de uma vez o que já estava fadado ao fracasso. Sua bateria durou quatro horas até o desligamento completo. Nessas intermináveis horas, em que não via nada além da densa neblina, que ofuscava o céu azul, cercado de nuvens brancas, percebeu que tudo não passava de coincidência. Que o planeta fora criado, de fato, ao acaso, e que não havia um destino ou uma missão a ser cumprida; apenas a existência, até o inevitável dia do fim.

Para começo de conversa esse é um livro nacional. O autor se chama Paulo de Castro e a primeira vez que ouvi falar desse livro foi em um vídeo da Tatiana Feltrin (só para variar). Confesso que o prólogo e o primeiro capitulo eu estava pensando “What a Hell?” porque estava me sentindo perdida. De um parto realizado em meio ao transito fui parar em alguém que está se escondendo e salva um cervo-do-pantanal. Ah, não posso esquecer que o primeiro capítulo é muito descritivo e me fez ter uma leve lembrança do Machado de Assis (infelizmente não tenho uma convivência boa com o Sr. Machado) e isso me fez ficar com receio.

Só que o receio durou pouco até eu conhecer os androides JPC-7938 e o OPR-4503 e ai eu adentrei na história, que apesar de ser bem descritivo, é muito bem escrito e não sai perdendo para obra nenhuma lá de fora!

Mil anos se passam desde o prólogo para o primeiro capitulo e começamos a entender o que aconteceu: a aniquilação dos seres humanos por robôs e até mesmo os próprios robôs estão sendo perseguidos, ou melhor dizendo, todos aqueles robôs que não baixaram as atualizações, estão sendo caçados também após guerra de humanos x androides e JPC-7938 e o OPR-4503 fazem parte desses androides que não foram infectados. JPC-7938 foi um cirurgião e OPR-4503 foi criado com intuito de ser engenheiro, e sim, vamos conhecer o passado deles e também de outros androides que aparecem na história.

– Os humanos acreditavam em uma palavra chamada esperança. Quando todas as probabilidades diziam que era impossível, a esperança mostrava um caminho.

OPR-4503 um dia enquanto estava se refugiando em hospital identificou que havia embriões congelados e quando encontrou ao acaso JPC-7938 que o salvou, contou que estava indo de encontro ao mar e mencionou o seu achado. JPC-7938 que tinha lembranças dos humanos e seu refugio era uma casa, ficou interessado e juntos foram salvar esses embriões e procurar uma androide que fosse ideal para carregar por nove meses a criança para reconstruir o mundo para a humanidade.

O vilão da história é conhecido como H1N1 e quando você conhece a história dele, a criação e etc, te deixa com queixo caído e tudo faz sentido.

Pra quem quer começar a ler um livro de ficção cientifica, está ai uma dica muito interessante para começar. Se você é macaco velho no mundo do Sci-Fi, fica também a dica desse livro que é bem escrito e ambientado, na grande parte, aqui no Brasil.

Beijos e até mais 😉

Anúncios

Um comentário em “[Livro] O Androide – Paulo de Castro

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: