Devaneio de um Natal

Olá, tudo bem?

Faz muito tempo que eu não escrevo um devaneio, pra ser honesta, o último foi um que escrevi em meio a uma festa de aniversário (leia), e querem saber, de certa forma esses dois devaneios tem ligação: tanto pelo tempo, espaço e pessoas.

Quando eu era pequena, quero dizer, mais nova, eu amava o Natal. Mas tipo assim, amava muito! Não pense que era por que ganhava presentes, isso é uma cultura que na minha família não seguimos, foram poucas as vezes que fui presenteada no Natal, mas eu amava mesmo essa época por causa das músicas que rolavam aqui em casa das 8h da manhã até sabe-se lá que horas, das vezes que eu e minha irmã incorporávamos as estrelas da noite e cantávamos sem vergonha nenhuma Engenheiros do Hawaii, Nenhum de Nós, Capital Inicial, Titãs, Legião Urbana e por ai vai. Sem falar das vezes que encorporávamos as bailarinas e É o Tchan! era nossa maior diversão. Comida tinha em abundância, risadas, brilho no olhar, casa cheia… sonhos.

O que é o Natal? É o resumo do espírito da doce amizade que brilha todo o ano. É consideração e bondade, é a esperança renascida novamente para trazer paz, entendimento e benevolência para os homens. Natal não é fim de ano, é recomeço, é nascimento, é a esperança de que um novo ano que se aproxima, é o desejo de ter conosco todas essas pessoas queridas fazendo parte de nossa vida.

Era sempre tudo mágico, e te juro que o que me confortava era saber que o ano passaria rápido e eu me divertiria de novo em breve (não dizem que o tempo é relativo…?) e tudo ficava bem no final de ano. Mesmo quando meu pai era o último a ir comer, tudo dava certo no final. Olhávamos daqui da área de casa os fogos de artificio, tomávamos coca e tudo sempre acabava bem. Pelo menos na minha visão de criança.

O ruim é quando você cresce e vê que a banda não toca conforme imaginava e uma das minhas maiores tristezas é saber que o Natal não tem mais tanta graça como tinha. Desde que me lembro, a decoração ficava por minha conta: árvore, pisca pisca, bolinhas e até guirlandas já fiz. Só que esse ano, nem na minha casa em Morato e nem a de Osasco eu tive vontade de fazer algo, porque não existe mais brilho pra mim.

Eu honrarei o Natal em meu coração, e tentarei manter o ano todo.(Charles Dickens)

Sabe quando o encanto se acaba? E não posso justificar que é porque sou ateia. Na verdade eu sempre fui, mas ainda assim amava o Natal. A questão é que não há mais o brilho no olhar da minha família como tinha alguns anos atrás. Ano passado até achei que teríamos uma reviravolta e espirito natalino voltaria a nos rodear, mas infelizmente alguns dias depois uma tia minha faleceu, minha cachorrinha que eu tanto amo sumiu e o natal morreu (foi proposital colocar agora natal e minusculo).

Esse ano até que essa véspera foi bem diferente e eu juro que eu não queria ter saído da onde eu estava, mas eu vim. Me arrependo? Não! Mas é tão triste perder aquilo que você um dia gostou tanto. E ver pessoas que eu amo se transformando em pessoas fechadas e tristes é ainda pior.

Lembre-se, se o Natal não é achado em seu coração, você não o achará debaixo da árvore. (Charlotte Carpenter)

Sei que para a minha mãe o Natal não será a mesma coisa, assim como sei que para o meu pai, quando ele era o último a comer, não era só por que ele não se importava, mas era por vergonha por estar (naquela época) desempregado.

Agora é só esperar passar e fazer com 2018 um novo capítulo. Novas metas estão sendo alinhadas entre eu e eu mesma. Acho que só vou respirar novamente bem e com calma quando o novo calendário estiver pendurado na minha parede e eu saber que estou escrevendo um novo capítulo da minha vida.

Beijos e Feliz Natal para você.

natal 2.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: