[Livro] Céu Sem Estrelas – Iris Figueiredo

Meus deuses egípcios, que livro lindo, maravilhoso e tudo de bom! Antes de começar, essa resenha vai ter uma dose muito mais particular que as outras.

Olá, tudo bem?

Sabe quando você compra o livro só pela capa e por que a autora estaria no evento e você quer um autografo? Pois bem, foi mais ou menos isso que aconteceu comigo e Céu sem Estrelas. Comprei na Flipop aqui em São Paulo, já acompanhava a autora no instagram mas nada que eu disse “meu Deus eu amo essa autora”, até então não havia lido nada dela, mas ela parece ser tão simpática (e é) além de eu querer sair da minha zona de conforto na leitura que resolvi ter na minha mini biblioteca. Só não sabia que esse livro se tornaria um dos meus favoritos.

download1
Caso queira adquirir, segue link da Amazon.

Cecília acabou de completar dezoito anos, mas sua vida está longe de entrar nos trilhos. Depois de perder seu primeiro emprego e de ter uma briga terrível com a mãe, a garota decide ir passar uns tempos na casa da melhor amiga, Iasmin. Lá, se aproxima de Bernardo, o irmão mais velho de Iasmin, e logo os dois começam um relacionamento. Apesar de estar encantado por Cecília, Bernardo esconde seus próprios traumas e ressentimentos, e terá de descobrir se finalmente está pronto para se comprometer. Cecília, por sua vez, precisará lidar com uma série de inseguranças em relação ao corpo — e com a instabilidade de sua própria mente.

Quando iniciei a leitura estava já no mantra mental de que seria um daqueles clichêzão, tipo sessão da tarde e se você me conhece um pouquinho, sabe que livros que eu apelido de mimimi não são minha praia. Mas logo no prólogo senti aquele arrepiozinho que dizia “essa não é mais uma história”.

– Você não lê as pessoas com tanta facilidade quanto lê seus livros, né? – disse Bernardo, em tom de brincadeira.

Com uma forma de escrita bem juvenil (falou a velha de 25 anos), a leitura flui muito bem. Tanto que li em dois dias 360 páginas, para alguns isso é muito tempo, para minha pessoa foi rápido. Além da escrita muito bem desenvolvida, cada personagem tem a sua própria voz. Fiquei pensando como seria a autora fazendo um audiolivro e tenho certeza que ficaria muito legal #ficaadicaSeguinte.

A Cecilia desde o começo parece ser uma personagem frágil e ao mesmo tempo forte, logo de cara a gente vê um drama familiar. Mas a insegurança da menina consigo é o que mais me aproximou dela. A visão da Cecilia com o seu corpo e com quem ela é, muitas vezes era como se eu estivesse em frente ao espelho em forma de palavras, além também das amizades dela. Iasmin, melhor amiga e irmã do Bernardo, foi a que mais se pareceu com a louca da minha amiga do trabalho.

81UFVuz8LDL-2-e1532917829791-770x405

Por trás do clichê de eu não posso gostar do irmão da minha melhor amiga que me lembrou muito o filme As Patricinhas de Bervely Hills e não sei o porquê, o livro da Iris Figueiredo é recheado de assuntos muito importantes  como a auto mutilação, depressão, problemas familiares e suicídio. Ah e o romance desse livro é tão bonitinho que nem fiquei com vontade de vomitar arco-iris como fico normalmente quando assisto, por exemplo, filmes de romance.

Eu ainda me desdobrava em duas – quem as pessoas queriam ver e quem realmente eu era.

Em mim, esse livro teve um efeito similar que o Alucinadamente Feliz teve também, foi como se eu criasse uma consciência um pouco maior de quem eu sou e do que sou capaz. Conheço muitas “Cecilias”, algumas são minhas colegas e de certa forma eu também sou uma delas.

Acabei o livro chorando, é claro. Posso bancar de durona, mas as vezes me derreto como uma manteiga e o rumo que esse livro me levou foi previsível em determinados momentos mas surpreendente ainda assim.

Acho que todo mundo só enxerga no outro aquilo que é conveniente.

Amei o livro e do fundo do meu coração ele me ajudou muito. Acredito que há livros que nos escolhe e não ao contrário, assim como Alucinadamente Feliz, esse livro era o que eu precisava ler nesse momento.

Um beijo e até 😉

 

Anúncios

5 comentários em “[Livro] Céu Sem Estrelas – Iris Figueiredo

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: