[Mangá] Nonnonba – Shigeru Mizuki

Ainda em clima de “dia da criança”, mas já voltando ao tema de horror do mês, lhes trago um mangá que tem um pé em ambas as temáticas: Nonnonba de Shigeru Mizuki.

Essa é a história da doce velhinha Nonnonba, e de Shigeru um jovem garoto que desde pequeno frequenta a casa de Nonnonba para ouvir suas histórias sobre os Youkais e criaturas da noite. Após a morte de seu marido, Nonnonba vai morar um tempo na casa da família de Shigeru e assim vamos acompanhando o dia a dia da família de uma pequena vila de pescadores do leste do Japão nos anos 30.

WhatsApp Image 2018-10-13 at 17.47.49A família de Shigeru é composta do Pai, um sonhador que foi o primeiro a ir estudar fora da cidade e é tido como intelectual, mas meio preguiçoso e avarento; a Mãe que se gaba o tempo todo de vim de uma família que tem direito a sobrenome e porte de espada (isso é explicado em uma nota do autor durante a leitura, mas basicamente naquela época não era comum pessoas de baixo poder aquisitivo ter sobrenome) e três filhos incluindo o Shigeru que é o do meio.

O mangá segue o dia a dia tendo Shigeru como o protagonista e vamos vendo a sociedade da época, junto as brincadeira dele e de seu grupinho de amigos e o cotidiano do povo pós Primeiro Guerra Mundial, que não é o foco da história mais vemos levemente sobre durante a leitura, principalmente nas brincadeiras dos meninos.

O elemento principal da história é a fantasia e imaginação. Embora tanto Nonnonba, quanto Shigeru, e até mesmos os outros moradores da cidade acreditem em youkais, nunca nos é dito se as experiências vivadas pelo garotinho são reais ou meramente frutos de uma imaginação muito ativa que sonha em viver dos seus desenhos.

WhatsApp Image 2018-10-13 at 17.47.49 (1)Também é mostrado o sentimento da perda e de separação, algo bem forte e que marca muito a vida de um garotinho de 10/11 anos.

Parte biográfica, parte fantasiosa, Nonnonba é uma gostosa fábula que sim, pode servir como uma excelente porta de entrada para quem ainda não se aventurou pelo mundo dos mangás. Ele tem uma arte bem característica da década de 70/80 (originalmente o mangá foi lançado pela primeira vez em 1977) que lembra muito as artes das tirinhas de jornal da Mafalda. Mas não, o mangá não é em formato de tirinhas. Desenhado e escrito por Shigeru Mizuki, um dos autores de mangás mais importantes de todos os tempos (posto lado a lado com o deus dos mangás Osamu Tezuka), Nonnonba é uma ótima pedida para quem gosta de histórias infantis sobre fantasmas.

WhatsApp Image 2018-10-13 at 17.47.49 (2)Lançado no Brasil em Dezembro de 2017 pela editora Devir através do selo Tsuro. Contendo mais de 420 páginas, com um texto de apoio sobre o autor ao final. No formato 24x17cm (um pouco maior que um livre no seu tamanho padrão). Apesar do tamanho é uma leitura tão leve e fluida que você pode ler tranquilamente em um dia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: