[Livro] Confissões – Kanae Minato

Esse livro talvez não se encaixe na categoria terror, mas é um thiller psicológico muito forte e merece o seu lugar ao sol nas indicações do mês do horror!

Saudações leitores, dessa vez fugindo das habituais indicações, lhes trago algo diferente (mas sem fugir da temática japonesa).

Confissões é um livro curto de apenas 6 capítulos, cada um narrado exclusivamente por um personagem e isso torna tudo mais interessante, pois temos a visão e perspectiva de vários personagens sobre o mesmo acontecimento.

Na história temos a professora de ensino fundamental Yuko Moriguchi, uma mulher jovem e mãe solteira. Porém sua filhinha de 4 anos Manami morreu em um acidente a um mês atrás, mas Moriguchi sabe que a morte de sua filha não foi um acidente, ela sabe que a filha foi assassinada, e os assassinos estão entre seus alunos, agora era ira buscar vingança. Simples assim, uma professora de garotos na facha dos 12 a 14 anos descobre que o “acidente” que tirou sua amada filha foi causado com alguém com quem ela convivia e isso lhe da à chance de ter a vingança que deseja.

IMG-20181024-WA0021
Livro na Amazon

O primeiro capítulo é um monologo de Moriguchi para a sala, contando sua história de vida e que sabe sobre o crime cometido ali, e quem são os culpados. É o capitulo mais tenso de todo o livro mais o mais instigante e nele ela já revela sua vingança. A partir dali os capítulos seguintes são as consequências do que Moriguchi fez e as versões de cada personagem sobre o ocorrido na morte da garotinha.

Um livro que vai te prender do começo ao fim e que você não vai querer parar até chegar ao final. Ele te instiga a curiosidade e a cada vez querer saber mais e mais, não é atoa que a autora Kanae Minato é um ícone do gênero lá no Japão, como mais de três milhões de copias vendidas. O livro também ganhou uma adaptação para filme, que até o fechamento dessa resenha ainda não pude conferir mais estou bastante curioso para fazer. Talvez se você não esta acostumado a ler sobre coisas orientais estranhe um pouco alguns termos ou formas de tratamento, esse é um ponto falho do livro, falto umas notas de rodapé ou ate mesmo um glossário para situar melhor o leitor, mas nada que vá estragar sua leitura ou lhe deixar perdido.

Então fica essa dica de um livro de nacionalidade totalmente diferente dos padrões que estamos acostumados, confesso que foi o primeiro livro japonês que li que não tem ligação alguma com mangás ou animes. E já me conquistou bastante. Lançado no Brasil pela editora Vestígio em 2017.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: