[Dica] O Nacional Também é Muito Bom – Parte 2

Olá, tudo bem?

Mais ou menos em maio de 2017, eu fiz a postagem  [Dica] O Nacional Também é Muito Bom onde indiquei 5 livros nacionais que eu li e gostei muito. Mas vejam como são as coisas, eu fiz uma lista com 5 livros nacionais me baseando em anos de experiência como leitora. Hoje estou aqui para indicar mais livros nacionais que li, gostei  e resenhei aqui no blog.

Pensei em fazer um texto assim quando, escovando os dentes, me dei conta do quanto em um ano eu li coisas nacionais e que foram muito boas. A gente tem tanta coisa boa nas nossas terras verde e amarela, mas insistimos em olhar lá pra parte norte do continente e babar ovo deles.

“Como você é hipócrita Willyara, vive lendo várias coisas de lá de fora”. Pois é, leio por que lá também tem muita coisa boa, não nego e tem muitos autores que eu simplesmente amo de paixão, como Asimov, Brandom Sanderson e a J.K. Rowling, mas o que quero dizer que aqui no Brasil tem escritores que eu também amo e até leria a lista de supermercado deles, como por exemplo o Rodolfo Salles, Leonel Caldela e a Pam Gonçalves.

Hoje vou falar apenas dos livros, mas fiquem espertos, por que logo logo farei uma postagem só com contos nacionais que eu amei em ler. Então vamos para as dicas?

O primeiro livro que vou indicar é o  O Meu Pé de Laranja Lima do José Mauro de Vasconcelos li esse livro em 2017 e só eu e todos os passageiros que estavam no trem sabem como eu chorei lendo esse livro.

Sempre ouvi muito o o Victor Almeida do Geek Freak falado do livro, até que resolvi comprar. Livro fininho mas que tem uma força que te deixa aos prantos. Esse é o tipico livro que você deve ler quando criança e depois, quando adulto deve fazer uma releitura. É uma pena que nas escolas públicas não incentivem as crianças a ler isso, ao invés de Machado de Assis que é super complexo.

o meu pé de laranja lima

Ainda falando dos livros lidos no ano de 2017, foi uma grata surpresa ler o Boa Noite da Pam Gonçalves . Já falei que a Pam não era a Booktuber favorita da minha vida, a maioria dos livros que ela lia era exatamente o oposto do que eu gostava, mas com os anos eu aprendi a respeitá-la e até mesmo admirá-la. Hoje em dia, os meus gostos de leitura são bem similares com o dela e o que mais acho bacana é o lado feminista dela, isso falta em muitas pessoas.

Seu primeiro romance logo de cara me conquistou, tem uma personagem que estuda na área que eu trabalho, é forte e determinada. A escrita da Pam é objetiva, clara, sem grandes firulas e reviravoltas. Isso me cativa.

boa noite

Partindo para a Ficção Cientifica (pois sim, aqui temos autores fazendo um ótimo trabalho nesse gênero que amo), O Androide  do Paulo de Castro  foi uma surpresa boa para mim. Foi assistindo as dicas da Tati Feltrin que adquiri o livro. O mais legal desse livro é que ele se passa aqui na nossa terrinha. Você já imaginou como seria o Brasil dominado pelas máquinas? Pois é meu caro, se um dia as máquinas nos dominar, não vai achando que aqui no Sul ficaremos ilesos.

o androide

Ah! Esse livro é sem sombra de dúvidas um dos melhores que já li. Sempre de olho no que o pessoal da Taverna tem a dizer, foi em um stories que fiquei sabendo que um dos resenhistas iria lançar um livro e o melhor de tudo: uma space ópera. Foi em Absolutos: Sinfonia da Destruição do Rodolfo Salles que a minha sede por livros nacionais aumentou. Esse é um livro que não deixa nada a desejar: cada personagem tem sua própria voz, várias referencias que, se você é meio nerd, pega, além da playlist divina que o autor fez para embalar com leitura. E sabe o que é melhor: haverá mais dois livros. Eu já estou começando a sentir falta desse universo sensacional que o Rodolfo criou, ainda bem que há um blog só para essa obra.

absolutos sinfonia da destruição

Eu nunca pensei que um YA iria mexer tanto comigo como o Céu Sem Estrelas da Iris Figueiredo . Livro lindo que eu devorei em dois dias. Esse é também um dos livros que estão entre meus preferidos, um dos motivos, é claro trata de um assunto que eu sinto na pele. A escrita da Iris é super cativante, ela é simples e objetiva assim como a Pam. Sem falar que tive a oportunidade de conhecer a autora pessoalmente e ela é super simpática e atenciosa. Nunca pensei que diria isso mas o fusca azul tem um lugar no meu coração.

download1

E para completar essa lista quero falar do incrivel Jantar Secreto do Raphael Montes , menin@ pensa em um livro que eu fiquei eu fórica quando terminei de ler. Eu agradeço muito pelo Ygor ter escolhido para que eu fizesse a leitura de outubro, porque esse livro é tudo aquilo que eu queria ler. Engraçado que as pessoas que trabalham comigo pegava esse livro e ficavam lendo trechos, alguns até me pediram emprestado. O Raphael Montes é outro autor que eu quero muito ler os demais livros (e espero que logo).

jantar secreto

É isso minha gente. Podem se preparar que vou fazer muito mais resenhas de livros nacionais, tem tanto autor bom por aqui que me sinto no dever de falar (e quem sabe) fazer com que mais pessoas leiam e falem deles também.

Um grande beijo e até 😉

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: