[Resumão] Outubro de 2018

Olá, como você está? Vendo que esse modelo de publicação teve uma visualização maior que apenas postar falando do meu bookhaul, resolvi que até o final desse ano (pelo menos) estarei postando esse resumão do mês anterior. Aqui vou aproveitar para falar das compras que fiz no mês, as leituras que também fiz e o... Continuar Lendo →

Anúncios

[Dica] Mês do Horror – Dicas de Livro, Mangá, HQ e Anime

Para fechar com chave de ouro esse mês temático, eu e o Felipe resolvemos indicar alguns conteúdos relacionado ao terror. Para isso, cada um ficou responsável por duas coisas: mangá, livro, história em quadrinho e anime. Mangá:  sem dúvidas foi o mais bizarro e assustador que li esse mês, e com certeza o do ano... Continuar Lendo →

[Resumão] Setembro de 2018

Estamos meio sumidos, né? Desculpa ai, mas eu (Willyara) ainda estou me adaptando com algumas mudanças que estão rolando na minha vida, então achei por bem fazer um resumão do que li (já que algumas coisas não terão resenha), do que comprei (o bookhaul) e novidades (caso tenha, não lembro agora)... Sim, tudo numa postagem... Continuar Lendo →

[Poesia] Poesia por Acaso – Clarice Pacheco

Poesia por Acaso Sem inspiração estou agora. Tento atiçar a imaginação mas ela demora. Não consigo pensar em algo que faça rimas. É como querer acertar o alvo com a flecha apontada para cima. Não acho um bom assunto que se organize bem em versos. Mesmo sabendo que no mundo há mil assuntos diversos. Que... Continuar Lendo →

[Poema] Quem sou eu? – Pedro Bandeira

Quem Sou Eu? Eu às vezes não entendo! As pessoas têm um jeito De falar de todo mundo Que não deve ser direito. Aí eu fico pensando Que isso não está bem. As pessoas são quem são, Ou são o que elas têm? Eu queria que comigo Fosse tudo diferente. Se alguém pensasse em mim,... Continuar Lendo →

[Texto] por Martha Medeiros

Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não contaram pra nós que amor não é racionado nem chega com hora marcada. Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido... Continuar Lendo →

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑