[Texto] por Martha Medeiros

Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não contaram pra nós que amor não é racionado nem chega com hora marcada. Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido... Continuar Lendo →

Anúncios

[Devaneios] #PensamentoAleatório

De muitos anos que eu estou nessa caminhada chamada de Vida (embora não seja assim tanto tempo), tem uma coisa que cada vez mais eu tenho certeza: amizades e amores pelo menos comigo, todos são passageiros.  De muitos anos que eu estou nessa caminhada chamada de Vida (embora não seja assim tanto tempo), tem uma... Continuar Lendo →

[Devaneios] Feliz Aniversário, Entre nos Mundos!

A vida nunca é 100%, mas há um ano atrás eu estava mais perdida que cego em tiroteio, nada estava dando certo, o meu mundo parecia um grande circulo querendo se encaixar em um triângulo. Estava triste por uma perda familiar, a Nymeria (minha cachorrinha) tinha sumido, estava chateada com questões de relacionamento, acordava praticamente... Continuar Lendo →

[Texto] Seja um idiota – Arnaldo Jabor

A idiotice é vital para a felicidade. Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre.  A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado? Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações, dores e afins. No dia-a-dia, pelo amor de Deus,... Continuar Lendo →

[Devaneios] Ela

Ela sempre teve problemas com sigo sempre criou e travou batalhas por bobeiras em sua mente: era um fio de cabelo que não ficava no lugar, uma gordurinha minima que pulava para fora da calça, um tornozelo mais grosso do que o normal, uma espinha indesejada mas fruto de várias besteiras que ela come e... Continuar Lendo →

[Texto] O Amor no Colo – Fabrício Carpinejar

A dor não pede compreensão, pede respeito. Não abandonar a cadeira, ficar sentado na posição em que ela é mais aguda.  Vejo homens que não têm coragem de terminar o relacionamento. Que não esclarecem que acabou. Que deixam que os outros entendam o que desejam entender. Que preferem fugir do barraco e do abraço esmurrado.... Continuar Lendo →

[Devaneios] Do grito ao grito

Estou gritanto. Um grito forte que chega doer a garganta. Quero correr, mas minhas pernas se tornaram chumbo e não consigo sair do lugar. Quero chorar só que parece que não há mais lágrimas em mim. Parece que quanto mais quero passar despercebida mais e mais as pessoas estão me notando. Grito, corro e choro... Continuar Lendo →

[Devaneios] Um passo à trás

Naquele dia eu não tinha ideia do que aconteceria, segurei sua mão e sai puxando, festa a fora. Claro, todos estavam bêbados e cantando algum rock clássico  (até mesmo aqueles que não curtem), mas os poucos sóbrios viram e não entenderam, afinal, não éramos nós que há tempos nos ignorávamos por erros que havíamos cometidos...?... Continuar Lendo →

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑